Interatividade a serviço da música

Interatividade é mais que uma tendência. Fazer com que seu público exerça influência e interaja com seu produto ou serviço é o grande diferencial entre os bons e os inovadores.
E esse conceito de interatividade já chegou até nas pistas de dança. O DJ inglês Richie Hawtin, conhecido por sempre inovar em suas apresentações, criou um conceito de aplicativo para iPhone que permite que seu público interaja com seus Live pa (apresentação com suas músicas ao vivo).
O aplicativo chama-se SYNK, e em alguns momentos do show, o usuário poderá se logar na rede Wi-Fi Plastikman e reorganizar os samples vocais de algumas faixas, assistir o que se passa no palco, e receber um feedback visual da programação da bateria e de elementos percussivos, assim como parâmetros de efeitos e melodias. Uma versão simplificada desse módulo também estará disponível para quem não estiver no show.

Jessica Portinari
Jornalista e blogger, especializada em empreendedorismo e marketing digital, busco compartilhar novidades e informações para ajudar em seu negócio.
Compartilhe...
Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Share on TumblrBuffer this pageDigg thisEmail this to someone


Comentários

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer comentar esse post?
Comente agora mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *