Equipe de cientistas demonstra nova forma de aprendizagem automática

Cientistas dizem ter encontrado uma forma para que as pessoas aprendam a tocar piano, pilotar um avião ou bater uma bola de curva com pouco ou nenhum esforço consciente.
O que as pessoas precisariam fazer, diz a equipe, é assistir a uma tela de computador enquanto seus padrões cerebrais são modificados, através de ressonância magnética decodificada funcional (fMRI) para coincidir com os de, digamos, um atleta de alto desempenho.
Cientistas japoneses e americanos usaram a fMRI para induzir padrões de atividade cerebral correspondentes a um estado-alvo previamente conhecido, e descobriram que isso melhorou o desempenho em tarefas visuais.

“As áreas visuais de um jovem adulto são suficientemente elásticas para causar o aprendizado perceptual visual”, disse o neurocientista Takeo Watanabe, da Boston University.
Neurocientistas descobriram que as fotos são construídas gradualmente dentro do cérebro de uma pessoa, aparecendo primeiro como linhas, contornos, formas, cores e movimento nas áreas visuais. O cérebro, em seguida, preenche com maiores detalhes para fazer com que uma bola vermelha apareça como uma bola vermelha, por exemplo.

aprendizado02
A equipe estudou as primeiras áreas visuais por sua capacidade de causar melhorias na performance visual e na aprendizagem.
O neurofeedback fMRI decodificado foi usado para induzir um padrão de ativação em particular nas primeiras áreas visuais, que correspondem a um padrão evocado por uma característica específica visual em uma região de seu interesse do cérebro. E eles descobriram que repetições do padrão de ativação causavam ​​melhorias duradouras do desempenho.

Além do mais, a abordagem funcionou mesmo quando as pessoas testadas não estavam cientes do que estavam aprendendo.
“Descobrimos que os indivíduos não tinham conhecimento do que estavam aprendendo, enquanto os dados comportamentais obtidos antes e após o treinamento de neurofeedback mostraram que o desempenho visual dos indivíduos melhorou especificamente na orientação recebida.”
Até agora, o método foi testado apenas para o aprendizado visual. Mas, de acordo com a equipe, não há nenhuma razão óbvia para que ele não possa funcionar com a memória, funções motoras e reabilitação.

BCX | FutureLab
Desenvolvimento de Negócios Digitais para fomentar a economia e gerar empreendedores e empresas de sucesso.
Compartilhe...
Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Share on TumblrBuffer this pageDigg thisEmail this to someone


Comentários

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer comentar esse post?
Comente agora mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *